Entenda o Clareamento de pele e suas vantagens

MESTRA EDUCAÇÃO

 

Entenda o Clareamento de pele e suas vantagens

 

Da definição até os resultados.

 

A pele é uma das proteções mais eficientes e complexas do nosso corpo. Por isso, é preciso que ela seja bem cuidada, para auxiliar na nossa saúde geral e autoestima. Uma pessoa considerada bela, provavelmente, é associada à uma pele limpa, macia, hidratada e, principalmente, sem manchas.

 

E esse é o principal motivo da constante procura pelo clareamento de pele. Os tratamentos existentes atualmente têm o objetivo central de eliminar manchas. Mas antes de entender sobre os tratamentos, vamos falar sobre as vilãs.

 

As manchas e suas causas 

A pele produz melanina, um pigmento que dá cor a ela, a ausência ou excesso de melanina pode gerar diferentes tonalidades de pele e em diferentes partes do corpo. É a presença dela que define se uma pele é mais clara ou escura, sendo as peles mais escuras, mais ricas em melanina. Dito isso, as manchas são a ausência ou o excesso de pigmentos em alguma parte da pele, por algum desequilíbrio de melanina.

 

As causas das manchas podem ser diversas, desde razões genéticas e alterações hormonais, até a mais comum delas, a incidência de luz solar.

 

Quais são os tipos de manchas?

 

Para o tratamento das manchas, é importante saber qual tipo de mancha você possui, para saber qual a causa e saber como a combater. Alguns exemplos, entre muitos ocorrentes, são:

 

  1. Melanoses solares

 

Manchas arredondadas, em geral, de tom marrom. Elas aparecem pela exposição contínua à luz do sol, em um efeito acumulativo. São mais vistas no rosto, nas costas e nas mãos.

 

  1. Melasmas

 

Manchas castanhas, que costumam aparecer mais em rostos de mulheres. Os motivos geralmente são hormonais, com o uso de anticoncepcionais ou durante a gravidez, porém, esse tipo de mancha também pode ser resultado de muita luz solar.

 

  1. Olheiras

 

As tão conhecidas olheiras podem ser manchas roxas, castanhas ou até de tons mais escuros, presentes na região externa dos olhos. Sua causa mais famosa é a privação de sono, porém, ela também é resultado de vasos sanguíneos mais dilatados ou, simplesmente, do acúmulo de pigmento nessa região.

 

O clareamento

 

Com o objetivo de remover as manchas, os tratamentos de clareamento de pele suavizam o escurecimento da área manchada, além de tentar diminuir o tamanho da mancha. É importante que, após iniciado o tratamento, ele seja feito de modo contínuo, junto às medidas preventivas, para não criar novas manchas.  Uma interrupção no tratamento pode fazer com que as manchas voltem, gradativamente.

 

Os tipos de tratamento vão desde a aplicação de cosméticos com ações clareadoras, como sérums e cremes, até procedimentos mais invasivos, como o Peeling, que é a aplicação de uma combinação de ácidos, com o objetivo de esfoliar e renovar a pele. O Laser faz essa renovação de forma mais profunda e efetiva, quebrando os pigmentos em células menores. Já o Microagulhamento usa diversas agulhas para deixar vários sulcos na pele que, posteriormente, facilitam o acesso de substâncias clareadoras, aplicadas sobre eles.

 

Os tratamentos chegam ao resultado: uma pele bonita, de cor uniforme, às vezes até mais limpa e macia, devido à sua renovação, porém, a velocidade desse resultado costuma depender de qual tratamento foi utilizado e o grau de manchas.

 

Apesar de todos os tratamentos, o mais eficiente é evitar as manchas. Para isso, o protetor solar deve ser usado, não só em dias de sol, como também em dias nublados, ou seja, uso contínuo, faça chuva ou faça sol.

 

Conheça Nosso Curso Cosmetologia Estética em 5 dimensões:

 

Cosmetologia Estética em 5 Dimensões

 

Veja também nossos outros artigos em nosso BLOG: